fbpx

Como fazer para acertar os passos do Forró em Aulas e Coreografias?

Como fazer para acertar os passos do Forró em aulas e em coroegrafias? É uma pergunta comum se você adora dançar, mas agora começou a enfrentar dificuldade em alguns movimentos.

Leva algum tempo e prática para acertar. Também pode ser um pouco intimidante. Como aluno de forró, você está acostumado a receber instruções de seu professor. Mas, uma vez que a sequência de passos aumenta, você começa a treinar autonomia na execução dos passos.

Mesmo que as vezes pareça um pouco intimidante, se você tem uma verdadeira paixão por dançar forró, então você deve ir em frente. Você ficará muito feliz por ter conseguido.

Conheça seu par

Primeiramente, você deve levar em consideração o seu par. Por exemplo, pergunte seu nome ou como costumam lhe chamar? Se já conseguiu executar a sequência alguma vez? Quais as outras aulas que faz? etc. Se você deseja que seus mocimentos dêem certos, então você precisa ter em mente que parte da execução depende do seu par e de quanto estão introsados.

Confira mentalmente a sequência dos passos

Você já sabe qual a sequência. Já a executou algumas vezes seguindo as orientações do professor. Mas onde você pode buscar reforçar a fixação do conteúdo, repassando mentalmente a sequência. Às vezes, é até mais fácil repassar verbalmente com seu par a sequência, fortalecendo assim o vínculo e cumplicidade entre os dois.

Pense na música

Agora que você tem um conceito-chave em que se concentrar, precisa pensar sobre sua música. É muito mais fácil usar a mesma música dos treinos com o professor, para executar com sucesso a sequência de passos com seu par.

Depois de definir a música, reserve um tempo para ouvi-la muitas vezes. E não apenas ouça na escola. Ouça em casa quando estiver lavando a louça, quando estiver dirigindo seu carro e na academia quando estiver malhando. Ouça em velocidades mais rápidas, bem como em velocidades mais lentas. Isso o ajudará a realmente ter uma noção do ritmo e de onde encaixar cada movimento desta mini coreografia.

Além disso, se a música for muito longa – por exemplo, sua sequência precisará ser repetida em diversos momentos dela – então você também terá que saber executar os passos nesses vários momentos.

Comece a treinar os movimentos

Depois de ter a sequência em mente e a música no ponto certo, sua rotina de dança deve estar se encaixando com mais clareza em sua cabeça. Dito isso, continue aberto às considerações dos seu par. Você pode ter uma visão específica em mente. No entanto, seu par pode sugerir momentos diferentes para melhor encaixar a sequência.

Durante esta parte do processo, apenas comece a se mover, experimentando diferentes momentos da música. Não tenham medo de explorar momentos diferentes da música, ou de achar que não ficará ‘bonito’. Você terá uma noção melhor, sempre que experimentar! Apenas certifique-se de que, ao passar por esse processo, vocês estejam gravando a si mesmos ou fazendo anotações para não esquecer as etapas.

Divida-os em seções

Depois de conseguir encaixar os primeiros passos e movimentos, divide-os em seções e comece a alinhá-los com os diferentes pontos da música. Ao fazer isso, certifique-se de colocar todas as seções juntas de uma forma que faça sentido no geral. Monitore os blocos que você está criando também. Será muito mais fácil para você praticar a rotina quando ela for dividida em seções específicas.

Incorpore transições

Depois de ter o fluxo básico de sua rotina de dança elaborado, o toque final deve ser as transições. Isso garante que haja fluidez entre uma seção da dança e a seguinte. Embora você possa ter algumas seções fortes no geral, se você tiver transições fracas, isso afetará a aparência geral da sequência.

Treine Cantando

Se você se atentou para a dica ‘PENSE NA MÚSICA’ você deve tê-la ouvido algumas dezenas de vezes. Isso deve ser o suficiente para que consiga decora-la. Nesse ponto, é importante permanecer fiel ao seu objetivo final, mas também ser flexível e não tão exigente caso você ou seu par não saibam a música completa.

Mas tente potencializar sua atenção para os pontos chaves da música. E se você está percebendo que um determinado passo ou movimento é muito difícil de dominar, cante com mais enfase esse trecho da música para tentar entender em que ponto será necessário uma atenção maior.

Veja o o vídeo abaixo, e mesmo com uma qualidade de gravação que não foi das melhores, perceba que àqueles que cantaram a música até o final, com energia, não pararam nenhum momento a execução da coreografia.

Enquanto que aqueles que pararam de cantar, logo esbarram com erros ou esqueciam em que ponto da sequência estavam.

Veja o vídeo e confira: Como fazer para acertar os passos do Forró?

Por fim, quando você é novo e se pergunta ‘Como fazer para acertar os passos do Forró em Aulas e Coreografias?’ Preferêncialmente sem a orientação dos professores, vai precisar de muita paciência e trabalho duro para atingir o nível que deseja. Mas siga as etapas acima e você estará no caminho certo para executar sua primeira sequência com confiança.

O que achou? Conte pra gente!

Iniciar
Posso ajudar?