fbpx

Baile de Fim de Ano – Saudades das Festas da Saltare

Baile de Fim de Ano é sempre muito bom não é verdade?
Pois bem! Você sabia quem em dezembro de 2019, foram relatados casos de uma nova forma de pneumonia viral na China?

E que a Organização Mundial da Saúde levou mais de dois meses para confirmar que a gravidade do contágio se dava por conta da pandemia do COVID-19?

Infelizmente, quase 890.000 pessoas morreram; e não sabemos sobre os danos de longo prazo que essa doença continuará a causar aos sobreviventes. Sem contar que já são esperadas novas ondas de infecção!

REALMENTE 2020 FOI UM ANO DIFÍCIL PARA A MAIORIA DAS PESSOAS

Nesta mesma época, Dez/19, você se lembra:

  • Onde estava?
  • O que estava programando fazer nas “férias” ?
  • Já tinha decidido como passaria as Festas de Fim de Ano?

Sem saber o que acontecia do outro lado do mundo, nós da Saltare Danças, estávamos preparando o maravilhoso Baile de Fim de Ano de 2019 “FESTA NO OLIMPO”

Eu poderia falar sobre muitas coisas sobre esta festa que me alegraram profundamente. Sobre como fiquei surpreso com a adesão dos amigos ao tema festa e até mesmo os familiares e amigos (não alunos), entrando no clima de Deuses e Divas do Olimpo.

Mas em momentos em que nos faltam palavras, vale conferir e recordar os bons momentos da festa que foram registrados em vídeos.

Confira agora, um trechinho do que rolou na nossa festa de final de ano de 2019, antes dessa loucura toda de quarentena “desembarcar” no Brasil.

Essencialmente esta sendo bem difícil não ter bons e duradouros abraços, tão frequente e calorosos em nossos bailes. É o que acontece com todo o amor e amizade que temos para com as pessoas, no momento que esta pandemia não nos permite nos aproximar e sentir o calor do próximo.

Neste período sem festas, algumas amizades se aprofundaram, novos laços surgiram, velhas amizades se renovaram. Para alguns de meus amigos, confesso que a distância não faz diferença, pois sabemos que nossos corações e mentes estão conectados.

Outros ficaram tristes, talvez, pela impossibilidade de se encontrar, como um sinal de falta de interesse. Talvez tenham razão em ficar desapontados. Ou talvez, como li a pouco, uma pandemia seja o que se precisa para realmente conhecermos o amor verdadeiro – amor que dura.

 

O que achou? Conte pra gente!

Iniciar
Posso Ajudar?